Mais compradores estão conseguindo descontos na negociação do imóvel

Imagem

Após ligeiro recuo em 2017, a proporção das transações de imóveis com desconto vem crescendo e atingiu 66% do total de negócios em março de 2018. É o maior patamar desde abril do ano anterior.

Entre as transações que tiveram desconto, segundo informação dos compradores que adquiriram imóveis, o percentual médio aplicado apresentou ligeira queda nos últimos meses. Terminou o primeiro trimestre em 13%.

Os dados apareceram no Raio-X FipeZap do 1º trimestre de 2018, sobre mercado imobiliário. O levantamento mostrou ainda dados sobre expectativa de preços.

Entre os que pretendem comprar imóveis nos próximos 12 meses, a maior parte espera que os preços permaneçam estáveis (32%) ou tenham queda (25%). Já a maior parte dos proprietários (43%) projetou estabilidade nos preços.

Com base em todas as respostas - compradores, compradores em potencial e proprietários -, a expectativa média para os próximos 12 meses aponta para uma variação próxima da estabilidade nominal, ou seja, sem considerar a informação. Seria um ligeiro aumento de 0,3%.

Fonte: Gaúcha ZH

Voltar