Saiba como as redes sociais podem te ajudar na busca por um novo imóvel

Imagem

Para se aproximarem do público, imobiliárias e corretores usam cada vez mais todas as formas de divulgação pela internet

Difícil encontrar alguém que não tenha Facebook ou Instagram – duas das redes sociais mais populares da internet. E sabe aquela história de que o vendedor deve estar onde o cliente está? Pois é, no mercado imobiliário isso também acontece. Seja em posts simples ou patrocinados. E um anúncio que parece chato quando você não está interessado pode ser o que faltava na hora de buscar um novo imóvel.

“As redes sociais têm hoje papel diferente do que tinham há alguns anos. A evolução dos mecanismos de buscas dentro delas e a criação de funcionalidades para que sejam divulgadas informações sobre produtos facilitam a vida dos compradores“, opina Ney Lins, profissional de Marketing especializado em Mídias Digitais e co-fundador da PSIU Comunicação e Eventos.

Para ele, as redes fornecem meio adicional a um portal especializado na venda de imóveis. “As redes sociais e os portais se complementam. O benefício para o comprador é a facilidade de contato com o vendedor, a humanização do processo de compra”.
Corretor de imóveis e empresário, Vincenzo Russo diz que muitas imobiliárias divulgam suas oportunidades nas redes, assim como os próprios vendedores dos imóveis.

“Acredito que as redes ainda não sejam o principal canal de busca, até porque os sites especializados possuem ferramentas mais interessantes e que facilitam esse trabalho. Mas elas podem ser a porta de entrada para um primeiro contato com o imóvel desejado“.

Observar

Para quem procura um imóvel, Russo acha interessante observar as redes de imobiliárias e corretores que atuam na região. “A pessoa pode ver avaliações sobre a imobiliária ou corretor que tem o imóvel e compartilhar facilmente a oportunidade com um familiar”.

Para ele, as redes são boa forma de conhecer melhor o profissional com quem se está lidando e saber sobre suas referências e avaliações. “Uma dica é seguir páginas de imobiliárias, assim a pessoa começará a receber oportunidades e até mesmo fatos relevantes sobre o mercado”.

Fonte: Revista Zap Imóveis

Voltar