Venda de imóveis de médio e alto padrão aumenta em 2022

Imagem

Indicador Abrainc-Fipe registrou crescimento de vendas de 20% entre janeiro e junho deste ano

A venda de imóveis residenciais de alto e médio padrão registrou aumento de 103% entre janeiro e junho deste ano, em relação ao primeiro semestre de 2021. Os dados são do Indicador Abrainc-Fipe, que apontou, também, crescimento de 20% no número de lançamentos realizados dentro deste segmento no mesmo período. 

A comercialização de imóveis para o público de classe média e alta contribuiu para o incremento de 18% no número de residências vendidas em território brasileiro nos primeiros seis meses de 2022. Foram vendidas 87.655 unidades residenciais por meio das 18 empresas vinculadas à Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc).

Enquanto isso, 62.414 unidades foram lançadas, o que representa aumento de 3% em relação ao ano passado e aponta na direção de uma tendência relevante para o mercado, em que as vendas superam os lançamentos. No evento de divulgação do estudo, Luiz França, presidente da Abrainc, apontou que os números positivos são sinais de uma melhora na oferta de crédito imobiliário.

De acordo com o levantamento, a relação distrato/venda de imóveis recuou para o menor patamar da série histórica, iniciada em 2014, e pontuou em 10,9% ao ano. Os únicos números que não tiveram avanços tão positivos foram relacionados ao programa Casa Verde e Amarela (CVA). A pesquisa apontou crescimento de 2% nas vendas, mas uma queda de 5% nos lançamentos – na comparação com 2021. Apesar disso, o número de vendas  no 2º trimestre foi 31% maior do que  no 1º trimestre.

Fonte: Estadão

Voltar