Confira 7 dicas para preparar sua sala para a copa do mundo

Imagem

Jogos são uma desculpa para reunir os amigos e celebrar momentos que podem se tornar inesquecíveis

Pensando em como tornar a celebração completa, o Estadão Imóveis convidou profissionais de arquitetura e designers de interiores para dar dicas de como preparar sua sala para a copa do mundo.

1. Altura da televisão

A TV é a protagonista do dia. É para onde todos os olhares estarão direcionados. Por isso, ter uma sala de estar confortável depende de onde e como a tela estará posicionada no ambiente. Especialistas orientam que o centro da televisão esteja alinhado com a altura dos olhos de onde os visitantes estarão sentados. 

“O ideal é manter uma margem de altura de 1,20m a um 1,5m”, sugere o arquiteto Bruno Moraes, do BMA Studio. Porém, é previsível que a casa esteja lotada, com vários convidados sentados no chão ou mesmo de pé. Nestes casos, ele indica que a televisão seja posicionada em um local que dê campo de visão para todos os tipos de telespectadores.  

A recomendação é colocá-la em um lugar mais alto. “Em varadas, por exemplo, se a televisão ficar muito baixa, quem estiver sentado em uma mesa não vai conseguir enxergar”, exemplifica. “Geralmente, a gente aconselha mantê-la a 1,80 de altura, acima do balcão”, pontua. 

2. Posição do sofá

O sofá é um carro-chefe para a recepção das pessoas na sua casa. Ter um sofá tamanho família é ótimo para acomodar a todos, mas é importante que ele não atrapalhe a circulação das pessoas. “O sofá retrátil, por exemplo, pode ser um incômodo se tiver muita gente no espaço”, alerta a arquiteta Claudia Passarini, do Paiva e Passarini Arquitetura. 

Ela aponta uma questão importante sobre a escolha do móvel, ainda mais em celebrações que envolvam muitas pessoas: “sempre pense em sofás que tenham tecidos que sejam de fácil limpeza, porque o pessoal vai beber, comer pipoca e vai sempre existir o risco alto de sujar. Priorize materiais como couro ou mesmo um tecido de alto desempenho e com impermeabilização”.

3. Um lugar para os petiscos

A cerveja, os salgadinhos e os quitutes são tão importantes para acompanhar os jogos do Brasil quanto a união das pessoas na frente da TV. E como criar um lugar agradável com uma mesa de centro que comporte todas essas comidinhas? A arquiteta Aiê Tombolato sugere o improviso com móveis que você já tem em casa. 

“Se você é aquela pessoa que gosta de convidar vários amigos para esses eventos, tenha móveis versáteis. Bancos que podem servir também como mesas de apoio, mesinhas de encaixe pequenas que mudam de lugar dependendo da disposição da sala”, esclarece. 

Para Bruno Moraes, ter uma mesinha de centro que se encaixe no sofá é a solução perfeita para o momento. “A mesa de centro fica acessível a todo mundo. Mas se for uma sala apertada, aí a solução é ter uma mesa lateral, mesmo que nem todos tenham acesso”, comenta. 

4. Lugar para sentar

Se você tiver muitos amigos ou um sofá pequeno, nem sempre todo mundo vai poder ficar sentado o tempo todo, mas é possível remediar essa situação. “Eu sempre tento encaixar pufes nos projetos que faço. Ele é um coringa para aquelas situações em que seu convidado trouxe a namorada ou um amigo para o evento”, brinca Bruno. 

“Além disso, o puff não ocupa tanto espaço, principalmente se ele for daquele tipo que encaixa nos móveis”, comenta. “É uma ótima proposta não apenas para sala na copa do mundo, mas sempre que você for receber mais pessoas. Você deixa a sala livre e ganha espaço para todos poderem sentar”. 

5. Cuidado com a iluminação

Não dá para começar um jogo e sofrer com a luz da janela atrapalhando a visão da televisão. Por isso, é importante se atentar para a orientação do sol na sala no horário dos jogos da copa do mundo. “Use cortinas ou persianas que amenizem a incidência da luz natural que entra pela janela”, comenta Aiê Tombolato. 

Tombolato indica a utilização de luzes quentes nos ambientes em que o morador instala a TV. “E evite spots direcionados com luz artificial para a tela”, acrescenta. A recomendação de Vanessa Paiva, do Paiva e Passarini Arquitetura, é o uso de iluminação indireta. “Dessa forma, não há risco de reflexo na tela ou mesmo de você estar deitado e vir alguma luz diretamente no seu olho”, diz. “A iluminação deve ser focada em paredes, assim acontece a dimerização da luz”, visualiza.

6. Escolha o tapete correto

Aquele monte de gente entrando e saindo da sua casa pode fazer um estrago no tapete caso ele não seja escolhido a dedo para a ocasião. É isso que alerta Claudia Passarini. “Se o tapete for bacana, o pessoal pode até pegar uma almofada e deitar nele mesmo.”

“Portanto, é importante pensar em um tapete que seja prático para limpeza, como o náilon”, pontua. Tombolato acrescenta: “Os sofás, poltronas e tapetes devem oferecer acolhimento por pelo menos 90 minutos”.

7. Atente-se ao som

Na melhor das hipóteses, os convidados estarão brincando e conversando durante o momento do jogo, mas é sempre divertido ouvir o gol e os comentários gritados pelos comentaristas e narradores. O som da televisão pode ajudar muito a tornar essa experiência mais agradável. 

“Existem aquelas caixinhas de som que você pode embutir no teto e fazer um sistema de som bem legal para os jogos da copa. E o melhor é que você não precisa passar pelo cabeamento, porque é tudo bluetooth”, celebra.

Fonte: Estadão

Voltar