Mais de 122 mil imóveis foram vendidos no Brasil em 2022

Imagem

Indicador ABRAINC-FIPE aponta crescimento de 12,9% no acumulado do ano

De janeiro a setembro de 2022, a venda de imóveis no Brasil registrou alta de 12,9% em relação ao mesmo período do ano passado. Ao todo, 122.738 unidades foram vendidas no período, de acordo com o Índice ABRAINC-FIPE. Os números pontuam que este é o maior volume de imóveis vendidos na série histórica.

As vendas foram puxadas especialmente pelos imóveis de médio e alto padrão. O crescimento apontado nesse segmento foi de 84,3%. Os 35.193 imóveis do tipo comercializados nos primeiros nove meses de 2022 representaram 29,2% de todos os empreendimentos vendidos no Brasil.

Outro destaque do levantamento realizado pela Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), em parceria com a FIPE, é o volume de vendas dos empreendimentos do Casa Verde e Amarela (CVA). O programa foi responsável por 70,8% de todos os imóveis vendidos no Brasil no período, somando 85.199 unidades comercializadas.

“O setor imobiliário é um dos protagonistas da economia brasileira, com o PIB da construção civil crescendo 1,1% no terceiro trimestre ante um crescimento geral do PIB brasileiro de 0,4%, no período”, pontua o presidente da ABRAINC, Luiz França. “Temos solidez e o nosso horizonte é de crescimento, geração e manutenção de empregos e investimentos”, acrescenta. 

Além do crescimento na transação de novos imóveis, a entrega de empreendimentos também merece atenção. Foram 63.973 unidades no intervalo apurado, alta de 19% em comparação a 2021. Os destaques ficam por conta dos 56.695 imóveis (+20%) entregues via CVA e as 6.778 entregas (+4,4%) de imóveis de médio e alto padrão.

Fonte: Estadão

Voltar